fbpx
Estudo de Impacto de Vizinhança viabiliza nova estrutura para viveiro

Estudo de Impacto de Vizinhança viabiliza nova estrutura para viveiro

8 de agosto de 2018
Por: rottas

Fonte: Portal A Rede

Estrutura precária foi substituída por uma construção sustentável com área duas vezes maior e mais moderna

A Prefeitura de Ponta Grossa, através de uma compensação viabilizada pela Lei de Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) referente ao Condomínio Edifício Belvedere, empreendimento da Construtora e Incorporadora Rottas, recebeu na manhã de hoje (03) a nova estrutura do Viveiro Municipal, espaço onde são produzidas as mudas de flores e árvores usadas no paisagismo das áreas públicas da cidade. A nova estrutura foi construída com foco na sustentabilidade.

“O viveiro municipal realiza um importante trabalho no município, com o plantio de flores e árvores em nossas praças e outros espaços públicos e essa nova estrutura é um espaço merecido pelo trabalho que essa equipe desempenha. Esta já a segunda obra que recebemos em parceria com a construtora Rottas, de forma que o Município ganha com novos empreendimentos imobiliários e ganha com ações como essa, uma bela obra que trará mais qualidade para o trabalho desses servidores”, comemorou o prefeito Marcelo Rangel.

O investimento na obra foi de R$ 400 mil, garantindo estrutura em container com escritório, refeitório, depósito e garagem, mais as melhorias como pavimentação interna, execução de rede de drenagem e sistema de captação de água. As plantas foram reorganizadas e ainda existe a possibilidade de implantação de um orquidário no local.

“Ponta Grossa é uma cidade que precisa de um trabalho focado na arborização e o Viveiro vem conseguindo mudar essa realidade, mostrando para nós uma Ponta Grossa mais bonita e colorida. A estrutura anterior precisava de modernização e o investimento da Construtora Rottas foi fundamental nesse processo para garantir um local que dará mais qualidade de trabalho para a equipe”, aponta o secretário de Meio Ambiente, Paulo Barros.

O presidente da Rottas, Paulo Folador, destaca que o propósito da empresa não é apenas entregar obras e empreendimentos imobiliários de qualidade, mas também trabalhar em nome do crescimento sustentável da cidade. “Toda população tem direito a uma cidade em que o meio ambiente está sendo preservado. Nesse caso, entendemos que a melhor forma de colaborar com o meio ambiente era apostar na revitalização do local que cuida do paisagismo de Ponta Grossa”, destaca.

Trabalho antigo

O viveiro municipal foi criado em 1997, pela então secretária de Agricultura, Sandra Queiroz. Ela esteve presente na solenidade para receber uma homenagem e detalhar sobre o início desse projeto. Hoje, a responsável técnica pelo Viveiro Municipal é a agrônoma Isabel Meister, que é servidora pública da Prefeitura há 24 anos.

“Essa casa nova para o trabalho do Viveiro Municipal é um sonho e só temos a agradecer a confiança do prefeito na equipe de paisagismo e no nosso trabalho e à vice-prefeita, que acreditou na revitalização desse espaço. Sem o EIV, não teríamos uma estrutura tão boa como essa que estamos inaugurando hoje”, declara Isabel.

Nos últimos anos, o Viveiro Municipal realizou o plantio de 1.500 flores, 5 mil arbustos e 1.800 árvores nativas de grande porte.